Ofertas na Amazon!


Ângela



Nome: Aldriff Odinsdottir
Nome original: Angela
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Neil Gaiman, Todd McFarlane

Lista de revistas com participação de Ângela

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Spawn (1992)  n° 9 - Image Comics
  • Brasil
    Spawn  n° 9 - Abril
Angela é uma personagem criada por Neil Gaiman e Todd McFarlane para a série Spawn, Gaiman entrou na Justiça alegando propriedade da personagem, após vencer o processo, o escritor vendeu a personagem para a Marvel Comics. A Ângela da Marvel é muito diferente da Ângela da Image, sendo que lhe foi dado uma nova identidade, como filha de Odin. Foi criado até mesmo um Décimo Reino, para abrigar criaturas angelicais dentro do Universo Asgardiano.

Ela realmente não pode ser impedida quando um novo Spawn surge na Terra, acredite. Arrogante, obcecada, mortal e acima de tudo traiçoeira; sua maior ambição é conseguir o emblema dos Spawns para pôr em sua coleção de troféus. De todos os anjos caçadores freelancers, acredito que ela seja uma das que mais têm troféus. Recentemente ela escreveu um manual para caçadores inexperientes, com todos os hábitos dos Spawns, habilidades, características, armas e recomendações. Ela é uma das mais experientes caçadoras que existem, sabe tudo sobre demônios e não aceita a derrota, sendo capaz de usar os truques mais sujos para matá-los a sangue-frio. Geralmente, eles mal têm tempo de pensar no que aconteceu. A algum tempo atrás, uns 800 anos para ser mais exata, Ângela derrotou um Spawn da era medieval. De acordo com ela, foi tudo muito simples. Ela atraiu o Spawn para uma caverna com algumas histórias (ou seja, mentiras) e acabou com ele, já encurralado, terminando com um golpe de sua lança. Para caçar esse último Spawn ela veio ao meu escritório (e eu aproveitei e esfreguei a minha promoção na cara dela) e apresentou uma licença de caça, como é requisitado, mas eu não permiti que ela usasse tocaias desse tipo. Queria que fosse rápido e limpo. E foi... Ela atacou com tudo, de frente, limpo, cara-a-cara. A batalha foi rápida; não demorou para que Ângela acertasse o Spawn com sua lança. Mas ele conseguiu escapar para dentro de sua capa antes que a lança o perfurasse. Quando Ângela foi verificar, foi puxada para dentro também e teve que fugir para não ser estrangulada. Fugiu e abandonou a lança por ali. Depois ficou dizendo que a lança havia se perdido quando voltou. Essa não foi uma desculpa convincente e acabou sendo presa por traição. Foi a minha oportunidade para acabar com ela de vez. Bastaria mentir no julgamento para ela apodrecer numa prisão. Eu só não contava com a possibilidade de o próprio Spawn ir ajudá-la. No final, eu é que acabei perdendo minha posição no Elíseo e fui punida com o cargo de Diretora de Assuntos Terrenos. Ângela percebeu que o Elíseo não era mais seguro para ela e se demitiu, junto com suas amigas Kuan Yin e Anahita. Agora ela é uma freelancer nômade, pegando empregos onde houver oportunidades. Mas eu ainda vou destruí-la...


Relate algum problema encontrado nesse personagem