Alex Toth

25 de junho de 1928
27 de maio de 2006

Lista de revistas com trabalhos de Alex Toth
Veja lista detalhada dos trabalhos


Desenhista americano, influenciado por Milton Caniff e Noel Sickles, dupla que criou um estilo de desenho que serviria de modelo para inúmeros outros desenhistas. O estilo era tanto impressionista quanto realista, com vigorosas pinceladas de preto, um uso perfeito de luz e sombra, e bonitos e variados enquadramentos. Um estilo moderno, diferente daquele cultivado por Raymond e Foster. Um estilo que acabou fazendo escola, servindo de modelo e inspiração para gente famosa.

A carreira de Alex Toth começou em 1947, ao desenhar “Dr. Meia-Noite”, “Lanterna Verde”, “Johnny Trovoada” e várias histórias de faroeste e ficção científica para a DC Comics. Um dos fãs do “Lanterna” de Toth era o jovem Roy Thomas que, cerca de 30 anos depois, já como roteirista da editora Marvel, convidou por carta seu ídolo para desenhar uma HQ de “Pantera Negra”. Segundo Thomas, em memórias publicadas em “Alter Ego: The Comic Book Artist Collection” (2001, pág. 116), uma falha de comunicação provocou um desentendimento entre os dois. Uns cinco anos depois, Toth e Thomas se encontraram pessoalmente e fizera as pazes.

Nos anos 50, Toth ficou popular sua adaptação do “Zorro” (capa e espada), para os estúdios Disney. É dessa época, também, sua colaboração nas revistas de guerra da editora EC.

Em 1962, Alex Toth estreiou no campo dos desenhos animados, com “O Anjo do Espaço” (no Brasil, foi exibido pela primeira vez na década de 60 pela extinta TV Tupi, sendo depois apresentado pela Record e também na Gazeta, em diferentes épocas e horários). Na metade dos anos 60, a emissora americana CBS estava perdendo audiência para os desenhos da rede ABC, que eram exibidos nas manhãs de sábado. Foi então que ela encomendou uma série animada aos estúdios Hanna-Barbera, que devesse conter muita ação e que fosse estrelada por um super-herói. Como o estúdio ainda não contava com bons roteiristas e desenhistas especializados em ficção-científica, a HB contratou Toth, que já tinha experiência no “O Anjo do Espaço”. Joe Ruby e Ken Spears, que anos mais tarde criariam o estúdio Ruby Spears Productions, ficaram responsáveis pelos roteiros. Assim, Toth criou em 1966 o herói interplanetário "Space Ghost", inspirado em "Batman" e "Lanterna Verde".

Nos anos 70, o autor continuou trabalhando em desenhos para a HB, como "Superamigos" (1973). Seu "storytelling" magistral influenciou muitos artistas, entre eles, Howard Chaykin e Steve Rude. Toth voltaria esporadicamente aos comics, tendo a oportunidade de desenhar "Canário Negro" e "Batman" (para a DC) e "Questão" (para a Charlton). Apesar de ter desenhado o cruzado de capa apenas uma vez, na história “O voo assombrado da morte”, de "Detective Comics" nº 442 (1974), Toth deixou sua marca indelével, transformando a mesma, num dos maiores clássicos do herói em todos os tempos.


Notas e fontes
http://aiccinematografica.blogspot.com/2010_05_01_archive.html
http://www.operagraphica.com.br
Antônio Luiz Ribeiro




Relate algum problema encontrado nesse artista

  • Guia dos Quadrinhos
  • Adicionado por
    Guia dos Quadrinhos
    em 05/03/2007 00:00:00