Ofertas na Amazon!


Popeye



Nome original: Popeye
Licenciador: King Features Syndicate
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: E. C. Segar

Lista de revistas com participação de Popeye

Tendo aparecido pela primeira vez em 17 de janeiro de 1929, numa tira diária em preto e branco da série “Thimble Theatre”, Popeye era um simples, enfezado e bondoso marinheiro coadjuvante daquela historieta. Seu bordão, “Eu sou o que sou”, simbolizava sua personalidade autêntica. Em pouquíssimo tempo, aquele novo personagem se transformou num dos maiores ícones populares do século XX. Para se ter uma idéia, a população da cidade de Cristal (Texas) mandou erigir uma estátua numa praça do centro em homenagem a ele. Por aí dá para se ter uma idéia da popularidade do personagem nos últimos 80 anos.

Com aquele marujo engraçado cada vez mais ocupando espaço na “Thimble Theatre”, até então uma tira de sucesso moderado, a historieta logo disparou nas vendas, com cada vez mais jornais publicando-a, ganhou uma página dominical no ano seguinte e teve o nome mudado para “Thimble Theatre starring Popeye” e, finalmente,“Popeye”. Lá, ele contracenava com a namorada, a engraçadíssima Olívia Palito; Dudu, o hilário comedor de hamburgeres, sempre pedindo dinheiro emprestado aos amigos para comer os deliciosos sanduíches, prometendo pagar “na próxima terça-feira”; e, claro, o rival Brutus, ele também um marinheiro casca-grossa. Quando a situação apertava (geralmente causada por Brutus), Popeye recorria a seu espinafre, que tinha uma reação poderosa sobre ele: ao comê-lo, sua força imediatamente crescia de maneira absurda, possibilitando que ele se livrasse de qualquer encrenca.

No cinema, nosso herói ganhou uma série de desenhos animados produzidos pelos estúdios Fleischer para a Paramount, a partir de 1933. Em 1980, foi a vez de um longa com atores, sendo Popeye interpretado por Robin Williams.

Em 1993, uma editora italiana tentou-se transformar Popeye e seus amigos em personagens exemplares, onde o velho marinheiro não fumava, não brigava, usava um normalíssimo “paisano” (camisa esportiva tipo “La Coste” e calça jeans) e frequentava discotecas. Esse absurdo politicamente correto foi promovido por Grazia Bussandri, diretora da Premium, concessionária italiana dos direitos autorais das tiras do personagem, e, claro, não deu certo.

NO BRASIL

O devorador de espinafre estreiou entre nós em 7 de dezembro de 1935, no “Suplemento Juvenil”. No ano seguinte, apareceu nas nossas tiras de jornais, com o nome de “Brocoió” — obviamente mudado logo depois para Popeye. Nas HQs originais, Popeye falava com um sotaque meio sueco, mas esse sotaque não era traduzido por nossos editores e tradutores. Ou seja, no Brasil, nosso herói falava gramaticamente perfeito. De certa forma, havia um consenso entre as editoras brasileiras para acertar a fala de Popeye e de todos os personagens que tinham algum sotaque, para evitar a acusação de professores e educadores de que os quadrinhos estavam deseducando.

- Antônio Luiz Ribeiro


Lista de histórias:
http://popeye.wikia.com/wiki/List_of_Thimble_Theatre_storylines

Popeye



Relate algum problema encontrado nesse personagem

  • lexsouza
  • Adicionado por
    lexsouza
    em 19/04/2007 06:41:00