Vertigo: Além do Limiar


João Pacheco



1961
12 de novembro de 1995

Lista de revistas com trabalhos de João Pacheco
Veja lista detalhada dos trabalhos


Antes de trabalhar com quadrinhos, João Carlos Pacheco de Mendonça teve seu primeiro trabalho artístico no departamento de arte do Anglo Vestibulares, em São Paulo. Mas foi seu talento para a arte sequencial que o tornou respeitado. Seu primeiro trabalho de destaque foi Orion, em parceria com Mario Dimov, na revista Superficção da Editora Press, em 1986. Também desenhou os heróis japoneses Maskman e Cybercop para a editora Abril, entre 90 e 91, além de vários trabalhos de merchandising. Após desenhar algumas histórias eróticas (roteiros de Ataíde Braz), seu trabalho deslanchou: no final de 92, na revista Pau-Brasil (ed. Vidente), foi publicado o primeiro episódio de Meta-Humanos, uma saga de super-heróis que se passa no futuro do Brasil, criada em parceria com Arthur Garcia. No mesmo período, produz a série cômica Renato Cairo, outra parceria com Garcia, desta vez para a revista Interquadrinhos, da editora Ondas. Ainda em 92, publicou em um jornal da Bélgica a série de tiras policiais Zaire Connection (roteiro de Ataíde Braz).

No final de 93 lança pela editora Vidente a revista Cyber: Máquinas + Heróis. Lá, o conceito dos meta-humanos é expandido para outros personagens, como Combatrons e Super Heróis Brás S. A., que passam a constituir o Metaverso. A revista durou três números.

Em 1994, Pacheco e Arthur Garcia produzem para a editora Price a revista Esquadrilha da Fumaça, quadrinizando as aventuras dos membros do Esquadrão de Demonstração Aérea da Aeronáutica. Durante o evento de promoção da revista, João voou de carona num dos aviões da Esquadrilha, fazendo piruetas a mais de 400 Km/h. A revista da Esquadrilha durou quatro números. Na mesma época, pela editora Escala, Pacheco e Garcia lançam Força Ômega, que durou três números. Além dos heróis homônimos (roteiro de Arthur Garcia e desenhos de Pacheco), na revista também foi lançado o herói Pulsar, criação conjunta.

No final de 94, Pacheco começa a sofrer paralisia facial, que aos poucos se expande para o resto do corpo. No início de 95 é hospitalizado, quando é descoberto um tumor cerebral, sem possibilidades de ser operado.

Faleceu em 12 de novembro de 1995.

Fonte: revista Master Comics no. 3, Editora Escala, 1995.


João Pacheco


Relate algum problema encontrado nesse artista

  • Antonio Pontes Junior
  • Adicionado por
    Antonio Pontes Junior
    em 09/03/2008 20:42:00
    Editado por Antônio Luiz Ribeiro