Vertigo: Além do Limiar


Frank Thorne



País de nascimento: Estados Unidos da América
16 de junho de 1930

Lista de revistas com trabalhos de Frank Thorne
Veja lista detalhada dos trabalhos


Artista americano, nascido em Rahway, New Jersey, cuja carreira nos quadrinhos começou em 1948, fazendo histórias de romance para a Standard Comics. Depois, fez "Perry Mason" para a King Features. Para a Dell, produziu "Jim das Selvas", "Flash Gordon", "Besouro Verde", a versão Disney de “Vinte mil léguas submarinas” (também publicada entre nós, em cores, no “Suplemento de Historietas” do “Diário de Notícias”, nos anos 50) e outros.

Thorne começou a chamar a atenção nos anos 70, quando desenhou "Korak" para a editora DC. Quando assumiu as HQs de “Sonja, a Guerreira” (1975) — uma versão feminina de "Conan, o Bárbaro" — para a Marvel, na revista “Marvel Features”, Thorne as transformou em um sucesso de vendas. Ela ganhou um apelo tão forte entre os leitores que o artista passou a se apresentar em convenções na companhia de cosplayers da guerreira. A primeira foi Angelique Trouvère, dançarina de boates da região de New Jersey. O impacto de uma ruiva em trajes sumários diantede uma platéia nerd e boquiaberta, levou Thorne a realizar, em 1976, o sonjaCon, um concurso só de cosplayers da ruiva. A vencedora foi Wendy Pini que, anos depois, se tornaria desenhistaa e corroteirista da série em quadrinhos “Elfquest”. Para apresentar as participantes, Thorne realizou um cosplay do mago Thenef, personagem criado com exclusividade para o SonjaCon.

Thorne deixou “Sonja” em 1978 para desenhar sua própria heroína, a loura "Ghita de Alizzar". A partir daí incursionou ainda mais no gênero guerreiras eróticas, fazendo a morena "Lann" para a "Heavy Metal" e "Moonshine McJuggs" para a "Playboy" nos anos 80.




Personagens criados por Frank Thorne (4)


Relate algum problema encontrado nesse artista