Brick Bradford



Licenciador: King Features Syndicate
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Clarence Gray, William Ritt

Lista de revistas com participação de Brick Bradford

Brick Bradford surgiu nos jornais americanos em 21 de agosto de 1933 (uma segunda-feira), sob forma de tiras diárias em preto-e-branco. Inicialmente, a historieta era distribuida pela Central Press Association, uma subsidiária do King Features Syndicate. A Central Press era especializada em distribuir material para pequenos jornais das cidadezinhas americanas, longe dos grandes centros (depois, o próprio King se encarregou de distribuir as aventuras de Brick). Como muitos jornais não tinham a edição de domingo, uma versão de final de semana foi criada 15 meses depois, saindo no sábado, 24 de novembro de 1934. Em poucas semanas, "Brick Bradford" já estava aparecendo nos grandes jornais metropolitanos e a versão de final de semana acabou se transformou na tradicional página dominical colorida (ver www.toonopedia.com/brick.htm).

Em 20 de abril de 1935, os leitores das páginas de sábado tiveram uma novidade: um "topper" acompanhava "Brick Bradford". "Topper" era o nome que se dava à pequena historieta publicada acima (daí o nome "topper") da história principal (esta maior, com mais quadrinhos). O "topper" em questão era "The Time Top", uma máquina do tempo em forma de pião. No Brasil, "The Time Top" foi chamado de "Pião do Tempo" e "Cronosfera", dependendo da tradução. "The Time Top" foi publicado durante uns poucos meses, sendo cancelado. Mas o Pião não foi esquecido e, em 17 de outubro de 1937 (um domingo), a formidável engenhoca foi introduzida na própria série de final de semana de "Brick Bradford". Um novo mundo se abriu, assim, para Brick. Agora, com o Pião do Tempo, o herói podia viajar, nas páginas dominicais, para qualquer época, do passado ao futuro. Curiosamente, nas tiras diárias em preto e branco, Brick não usava o Pião, vivendo aventuras apenas no presente.

Em 1947 Brick Bradford foi adaptado pela Columbia como um seriado de 15 capítulos. Na trama, o aventureiro Brick é designado pelas autoridades para ajudar o Dr. Gregor Tymak, que está trabalhando no "Raio Interceptador", que, como o nome diz, é capaz de interceptar foguetes inimigos. O curioso é que, na época, Brick era conhecido nos quadrinhos brasileiros (ver erros de Marco Aurélio Luchetti na pág. 141 do livro "A ficção científica nos quadrinhos" e de Sidney Gusman na pág. 18 da edição de fev. de 1998 da revista "Sci-Fi News", onde informam que Brick fez sua estréia no Brasil em 10 de out. de 1936 e 24 de jun. de 1937, respectivamente) como “Dick James”, mas o distribuidor do filme, por algum motivo, preferiu manter o nome original. O ator principal, Kane Richmond, era especialista em heróis: fez, na época, entre outros, Lamont Cranston (O Sombra) e Megaespião ("O Terror dos Espiões").

Entre 1951-52 Paul Norris, discípulo de Milton Caniff, foi contratado para ser assistente anônimo nas diárias, fazendo tanto roteiros como os desenhos. Só pôde assinar seu nome na tira a partir de 1952 (Norris assinou as diárias de "Brick Bradford" até seu cancelamento, em 25 de Abril de 1987) (ver "Alter Ego" 59, 2007, pág. 30). Iniciava-se, assim, uma nova fase para o herói.

A partir de 1957, Norris passou também a assinar as páginas dominicais coloridas de "Brick", ficando nelas até 1987. ("Alter Ego" 59, pág. 30)

- Antônio Luiz Ribeiro


Notas e fontes —
Lista das tiras de “Brick Bradford”:
(..) http://www.bdoubliees.com/seriesauteurs/series1/brickbradford.htm


Brick Bradford



Relate algum problema encontrado nesse personagem

  • José Braga
  • Adicionado por
    José Braga
    em 09/08/2007 09:23:00