Busca avançada
Menu

Bloch

Títulos publicados pela Bloch
A editora tem 74 títulos cadastrados no site, somando 814 edições no total.

Criada por um dos mais importantes conglomerados da imprensa brasileira, o grupo Bloch, que começou a ser erguido pelo imigrante russo Adolpho Bloch em 1952. Na sua melhor fase, a Bloch era composta por duas gráficas, uma fábrica de tintas, editora e distribuidora de livros didáticos e revistas, um teatro, 12 emissoras de rádio e cinco de TV, que compunham a Rede Manchete.

Tinha como seu carro chefe a revista “Manchete”, que vendia 120 mil exemplares em 1957. Chegou a superar a tradicional concorrente O Cruzeiro e lançou nomes ilustres como Rubem Braga e Fernando Sabino.

No início dos anos 60, a Bloch timidamente começou a publicar quadrinhos. Mas essa experiência com gibis não durou muito. Só a partir de 1975, quando Adolfo Bloch adquiriu os direitos de publicação da Marvel Comics, é que a empresa entrou de vez nas HQs. E com uma proposta inovadora: todos os personagens Marvel teriam revistas própria.

Com o tempo a maioria dos títulos de super-heróis foi cancelada, substituidos por títulos de horror e monstros. Foi criado um selo para especificar as revistas de terror chamado Capitão Mistério. Foram títulos como: Aventuras Macabras, Sexta-Feira 13, A Tumba de Drácula, Lobisomem, A Múmia Viva, Frankenstein, Cine-Mistério, Clássicos do Pavor, Histórias Fantásticas. A Bloch também botou nestas publicações, algumas histórias feitas por artistas brasileiros como Edmundo Rodrigues e Júlio Shimamoto.

Em parte por causa destas decisões, em 1978 a Marvel rescindiria o contrato com a Bloch, e as revistas com o selo Capitão Mistério tiveram todo seu material produzido por artistas nacionais e por muitos anos foram sua principal linha de quadrinhos.

A Bloch teve sua falência decretada em agosto de 2000. Em dezembro de 2002, seus principais títulos – “Manchete”, Pais&Filhos, Ele&Ela e Fatos& Fotos – foram leiloados. O comprador foi Marcos Dvoskin, ex-diretor geral da Editora Globo, que criou a Manchete Editora.


Bloch